Business

6 competências importantes para quem quer ser Coach

Como fazer Coaching, competência, competências importantes, Coach, coaching
Escrito por Gabriel Galo

(Quais são as 6 perguntas-chave e suas respectivas competências para quem quer ser Coach)

***

Em muita gente existe um desejo de aprender mais sobre Coaching e quem sabe fazer uma transição de carreira. Possivelmente, este é o seu caso, certo? Esta vontade é, sem dúvida, o primeiro passo fundamental para entender se a carreira como Coach é a ideal para você.

Para quem busca qualificação no processo de formação de Coaches, no entanto, há muitas dúvidas. Afinal, ao mesmo tempo em que existe vontade de conhecer mais sobre o mundo do Coaching, existem perguntas que precisam ser respondidas. Será que eu tenho o perfil adequado para o trabalho? Vale a pena investir neste caminho?

Competências

O Coaching é um trabalho de alavancagem e utilização plena das potencialidades do Coachee. Exige, por consequência, um entendimento para que, a partir do perfil do nosso Coachee possamos criar o plano de trabalho adequado para o seu desenvolvimento.

Trazendo este viés de análise e entendimento para o tema deste post, buscamos estimular um exercício de autoconhecimento. Para isso, importamos as 6 perguntas-chave do jornalismo que guiam uma boa apuração de informação: o quê, quem, como, quando, quanto e por quê.

Para o exercício que vamos propor a seguir, buscamos listar 6 competências importantes que você precisa ter para avaliar a oportunidade de se tornar um Coach de sucesso. Logo, uma para cada pergunta. Trata-se de um mapa de conhecimento, que vai auxiliar você a responder a pergunta definitiva: devo ou não ser Coach?

Ah! Se você tiver alguma dúvida ou precisar de uma mão para ultrapassar esta etapa, fale com a gente aqui e teremos toda satisfação em colaborar!

1. O quê: Auto-conhecimento

Pergunta-chave: O que eu tenho de melhor a oferecer para os meus Coachees?

Este item se refere a entender quais são as suas principais potencialidades. Aquelas que diferenciam você dos outros, que te fazem especial. Para isso, é fundamental que você tenha consigo competências de buscar autoconhecimento e identificar aquilo que te destaca. Além disso, saber escutar a si mesmo e aos outros é fundamental! Portanto, faça uma reflexão e procure entender com clareza quais são os seus diferenciais.

2. Como: Comprometimento

Pergunta-chave: Gosto de interagir com pessoas de diferentes personalidades e vou até o final dos meus projetos?

Ser um Coach é, antes de tudo, gostar de gente. Sem isto, não adianta forçar um empurrão no seu modelo de trabalho. Se isto acontecer, haverá sempre um desconforto com a situação e ela será captada pelo seu Coachee, minando todo o processo desde a largada. Esta é uma relação de confiança que não pode ser rompida. Além disso, na sua trajetória, você certamente lidará com perfis de pessoas completamente diferentes, por vezes complicados, o que exigirá um alto nível de comprometimento para que os objetivos sejam alcançados.

3. Quem: Foco

Pergunta-chave: Para quem o meu conhecimento será importante e proveitoso?

Muitos negócios se perdem pelo caminho por não definirem com exatidão o seu público-alvo. Este erro torna a atuação difusa, sem foco. Portanto, para ser um Coach de destaque, você tem que investigar para quem a sua potencialidade será importante na carreira. Para isso, é primordial ter foco e determinação.

4. Quanto: Visão sistêmica

Pergunta-chave: Há público suficiente para que minha atuação seja rentável?

Um Coach é um profissional altamente capacitado, treinado, que investiu em estudos e treinamentos. Portanto, ser remunerado por sua atividade é merecido. Mas, para isto, você precisa ter clientes, certo? E o trabalho de prospecção de clientes é mais fácil quanto maior for o seu público-alvo e quanto mais precisa for a sua precificação. Afinar estes itens requer uma visão sistêmica apurada, que seja capaz, consequentemente, de mensurar o impacto que você poderá gerar no mercado.

5. Por quê: Comunicação

Pergunta-chave: Por que e para que o meu trabalho é relevante?

Você já sabe o quê, como, quem e quanto. Agora, tente se colocar no lugar de um Coachee que seria um potencial cliente. Você se sentiria inclinado a investir em você como Coach? Logo, não subestime a importância de uma boa comunicação. O funil de vendas é a parte operacional de um processo que se origina da pergunta fundamental que colocamos acima. Se você é capaz de definir com clareza os motivos que levaram você a seguir a carreira de Coach e explicar as aplicações e benefícios de maneira atraente, parabéns!, você tem a competência de comunicação necessária para ser um Coach de alto impacto.

6. Quando: Adaptabilidade

Pergunta-chave: Eu me adapto facilmente a situações adversas e consigo contorná-las?

Durante a sua vida como Coach, conforme abordamos no item Comprometimento, você vai se deparar com inúmeras situações em que o seu processo com o Coachee parecerá “amarrado”. Por alguma razão, o trabalho não evolui como você gostaria. Fundamentalmente, lembre-se: é responsabilidade do Coach guiar o Coachee da melhor maneira possível. Isto significa dizer que é o Coach que se adapta ao Coachee, e não o contrário. Consequentemente, temos que dentre as competências indicadas, a adaptabilidade deve estar viva e forte dentro de você. Se você gosta de modelos e processos rígidos, talvez ser Coach não seja o mais indicado. Mas se você gosta de desafios e de mudanças… Ser Coach será um prato cheio!

Proposta de exercício

Se você chegou até aqui motivado para persistir em sua visão de seguir um dos caminhos de formação de Coaches, a gente pode te ajudar ainda mais!

Propomos que você faça o seguinte exercício: numa folha de papel, separe um espaço para cada um dos 6 itens que estão aqui colocados, e suas respectivas perguntas. Então, procure listar situações em que você teve que lidar diretamente com cada item. Procure não somente elencar aqueles que tiveram resultado positivo, mas também aqueles em que o resultado poderia ter sido melhor. Depois, avalie com calma cada um deles, pesando seus prós e contras.

Por fim, quando você tiver as respostas mais maduras para cada pergunta em cada uma das 6 competências importantes que detalhamos, avalie se no geral, o caminho indica que a carreira de Coach é a mais indicada. Ah! E compartilhe os seus resultados com a gente. Ficaremos muito felizes de poder fazer parte desta jornada com você.

Aproveite e curta a nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as atualizações do nosso blog e receber ainda mais conteúdo.

Um carinhoso abraço,

Flavio Lettieri e Equipe Como Fazer Coaching


Agora, que tal conhecer o nosso curso online de formação em Coaching? Um curso completo com certificação que trará tudo o que você precisa para se tornar um Coach de sucesso! E ele está a um clique de distância.

QUERO SER COACH!


 

Sobre o autor

Gabriel Galo

Olá! Sou o Gabriel Galo, baiano de Salvador, torcedor do Vitória, administrador formado pela FEA/USP, empresário e escritor (cronologicamente falando).

Escrevo (quase) diariamente contos, crônicas, ensaios e análises políticas. Sou também colunista do Correio da Bahia e do HuffPost Brasil.

Deixe seu comentário