Crônicas

Bronze olímpico

Escrito por Gabriel Galo

O grupo de quatro amigos dinamarqueses se anima com a proximidade dos Jogos Olímpicos. Está tudo pronto!

Passagens compradas. Reserva no AirBnB realizada. 2 quartos divididos em Santa Tereza, veja só, apenas 1300 reais a diária por quarto! E ainda poderiam usar a cozinha à vontade. Hosts muito atenciosos, mandaram mapa da cidade, mapa de transporte público e horário do toque de recolher. Tudo com muito carinho. Gentileza gera gentileza.

Amigos muito práticos.

Na mala, cada um leva ao menos 4 carteiras. Aquele celular guardado na gaveta há anos assume a titularidade. Cardápio, apenas em português. O ágio do esforço da tradução dói no bolso.

Divertem-se com a mística do Rio. Querem aproveitar e pegar uma cor, aquele rosa gringo, bonito, sucesso em Copenhague.

***

Sobre o autor

Gabriel Galo

Olá! Sou o Gabriel Galo, baiano de Salvador, torcedor do Vitória, administrador formado pela FEA/USP, empresário e escritor (cronologicamente falando).

Escrevo (quase) diariamente contos, crônicas, ensaios e análises políticas. Sou também colunista do Correio da Bahia e do HuffPost Brasil.

3 Comentários

Deixe seu comentário